terça-feira, 4 de março de 2008

UM POUCO DE MARCIAL SALAVERRY

Biografia de Marcial Salaverry

Sempre fui apreciador de boa leitura.
Desde a mais tenra idade este foi meu hobby.
Lia tudo que me caia nas mãos.
Além dos tradicionais gibis, autores reconhecidos
como Monteiro Lobato, Karl May, Lendro Dupré,
Júlio Verne, Victor Hugo, entre outros.
Gostava de escrever e o fazia regularmente.
Quando ainda menino, um desses meus textos foi lido por Monteiro Lobato.
Um privilégio que agradeço à minha irmã, à epoca secretária dele.
É grata a lembrança desse mestre dizendo, ao afagar meus cabelos:
¨ Pode vir a ser um escritor menino. Tem estilo."
A luta pela Vida me levou à outros caminhos.
Somente após a aposentadoria realizei o sonho
de escrever e editar meus livros.
O primeiro deles, de poemas, (E) Ternos Namorados.
Depois, Crônicas da Vida.
Em seqüência, Um Brasileiro na África, onde narro
o tempo que morei no Congo,
para onde fui em busca de um sonho de infância.

EU TE AMO
Marcial Salaverry

Ao te sentir apaixonada,
digo que te amo, minha amada...
Se me esperas cheia de encanto,
te darei alegria, e não o pranto...
Abraça-me como se eu fosse o sol de tua vida,
e eu te abraçarei como minha amante querida...
Quero me perder em teus carinhos,
e não nos descaminhos...
Eu te amo... Tu me amas...

Homenagem ao meu amado amigo
Marcial Salaverry
Marília - 04/03/08
SP

3 comentários:

Amigos do Marcial disse...

Querida menina...
Bem... você conseguiu deixar o poeta sem palavras...
Por sua amizade, só posso agradecer ao Amigão por ter-me colocado entre seus amigos.
Beijo suas mãos e seu coração,
Marcial

ilze disse...

Gena querida,seu blog é delicioso,bem diversificado,com poemas lindos!Encontrar o Marcial é sempre um prazer,este amigo querido,que tanto nos dá força e apoio em todas as horas.Obrigada pelo convite,amiga.A Silvana Duboc,Luis Carlos Mordegane e tantos outros que admiro e se fazem presentes em seu cantinho.Parabens,querida! Um beijo pra voce.Ilze

Anônimo disse...

MARCIAL
MONTEIRO LOBATO viu no seu olhar o futuro escritor que deveria aflorar no momento certo.
Tudo tem seu tempo e sua hora.
Um beijo no coração
MARILZA
MDLUZ