sábado, 8 de outubro de 2011

DIZER ADEUS...


DIZER ADEUS...
Dizer “Adeus”…na hora da partida,
Quando alguém que se ama vai embora
É dor no coração demais sentida;
É lágrima escondida de quem chora!

Dizer “Adeus”… é sentir na voz dorida
A saudade que nos fica a vida fora!
É um renegar de todo a despedida;
É desejar que alguém volte, sem demora!

Que o “Adeus”… seja só tão simplesmente
“Até já, até sempre, meu amor”!
P’ra que a saudade não mate lentamente…

Volta depressa, amor, vem brevemente!
Aperta-me em teus braços sem pudor
E nada nos separe eternamente!...
Fernando Reis Costa

22 comentários:

Ordem do Saber disse...

Dizer adeus é sempre difícil. Ainda mais quando o adeus não é um ato, mas sim uma obrigação.
As vezes nem dá tempo de dizer adeus.

Um bom domingo.

Josiana Leite disse...

Nossa, profundo quanto o Adeus, bom conhecer agora por aqui, abraços

marciagrega disse...

Um adeus é sempre amargo...
Uma ótima semana!

ana costa disse...

Dizer adeus... é sempre muito difícil e doloroso.
Muito bonito este poema, triste, mas bonito

Maria disse...

Dizer adeus a alguém que se ama, dilacera o nosso coração e a nossa alma.
Um espaço encantador, vou acompanhar com muito prazer.
Beijinhos
Maria

Juan Pardo disse...

Todo adiós deja un muñón de dolor ; pero hay adioses con sabor a empezar.Hermoso texto.Saludos poéticos.

Simone butterfly disse...

sempre dificil dizer "adeus", lindo o que escreves, estou vindo do teu putro blog que me encantou!
Emtão não direi adeus mas um até breve! beijos carinhosos

BLOG DE POESIAS DO PROFEX disse...

E nada nos separe eternamente!...
Fernando, todos falaram da dor do Adeus. Mas vou mudar o rumo, pois vejo que o poema foca na esperança do reencontro, no sentimento de eternidade.
Quando pensamos assim essa 'dor' do adeus é uma ajudazinha para darmos valor ao relacionamento!
Abraços!

BlueShell disse...

Dizer um adeus a quem se ama...é das coisas mais dolorosas que pode aingi um ser humano...
me senti tocada por esse poema...senti o meu medo ...se algum dia tiver de pronunciar essa palavra...por alguém que tanto amo.
(já o fiz...quando meu pai faleceu...e doeu tanto...)

Te abraço

Maria disse...

Amiga passei para desejar um excelente fim de semana.
Beijinhos
Maria

Fanzine Episódio Cultural disse...

A ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS comunica que estão abertas as
inscrições para o VIII Concurso Plínio Motta de Poesias, do ano 2011.

O concurso contemplará duas categorias:

CATEGORIA I (até 16 anos)
1° Prêmio: R$ 300,00
2° Prêmio: R$ 200,00
3° Prêmio: R$ 150,00
Melhor intérprete: R$ 150,00

****
CATEGORIA II (a partir de 17 anos)
1° Prêmio: R$ 500,00
2° Prêmio: R$ 300,00
3° Prêmio: R$ 200,00
Melhor intérprete: R$ 200,00

PREMIAÇÃO:
Dia 17 de novembro de 2011, em noite solene, na Biblioteca Municipal

INSCRIÇÕES:
Prazo: até 21 de outubro de 2011-09-11
Valor: R$ 2,00 (dois reais)

INFORMAÇÕES e REGULAMENTO
Biblioteca Municipal Prof. Gentil Vieira da Silva
Ruas Major Feliciano, 990 – centro – Machado-MG ( CEP: 37750-000 )
(35) 3295-6099
E-mail: machadocultural@gmail.com

O Profeta disse...

Senti nos pés o pulsar da ilha
Um farol avisa o longe do perto
A lava encoberta na costa dormente
Sete rumos e apenas um certo

Neste Mar senti a vontade de prantear
A nudez da noite no encontro do silêncio total
Encobriu meu pranto das estrelas
Uma zombeteira Lua marcou no dia o encontro final

Mágico beijo

Dja disse...

Olá lindona.

Dizer adeus a quem sem ama, aiiii, doi muito, eu não sei perder pessoas.

Beijo
meu carinho
ótimo fim de semana.

Amapola disse...

Bom dia, querida amiga.

Dizer adeus quando a pessoa continuará dentro do nosso coração, é doído demais!!

Que Deus abençoe seus passos.

Beijos.

Camilledistler;* disse...

ooie, liinndo blooog =DD
estou seguindo, e voce me segue?

http://camilledistler.blogspot.com/
beeijos, e que a felicidade te acompanha para sempre..a cada segundo.

NOEMI disse...

Dizer adeus é um ato de coragem..."Contudo, esse adeus não pode apenas ser dito, tem que ser sentido e tomá-lo como uma mudança. E mudar não é fácil, é caminhar em frente, no meio da escuridão,COM A CERTEZA DE UMA LUZ IRÁ BRILHAR NO FIM DO TUNEL.
PARABENS PELO BLOG.
ADOREI
BJZ

ruma disse...

Hello, Meire.

The graceful sense wraps your artworks.
It's excellent and lovely...

The season of colored leaves, heartwarming atmosphere.

The traditional celebration, kimono infants.

The prayer for all peace.

Greetings.
From Japan, ruma ❀

Zilani Célia disse...

OI FERNANDO!
UMA LINDA POESIA.
É, DIZER ADEUS, SEMPRE DÓI,SEJA PARA QUEM FOR.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com/

Déjà Vu disse...

E dizer adeus doi!
Digamos adeus sem olhar para tras!
Adorei aki!
Vou seguir!
Segue meu blog tb e comente sempre!Beijos

Cadinho RoCo disse...

Pela fé é que conseguimos manter viva a chama do amor.
Cadinho RoCo

BRISA disse...

QUERIDA
AMIGA
O ADEUS SEMPRE NOS MACHUCA.Eu Trouxe uma para VC!

__________________Paz
__________________União
_________________Alegrias
________________Esperanças
_______________Amor.Sucesso
______________Realizações★Luz
_____________Respeito★harmonia
____________Saúde★..solidariedade
___________Felicidade.. ★..Humildade
__________Confraternização ★..Pureza
_________Amizade ★Sabedoria★.Perdão
________Igualdade★Liberdade.Boa-.sorte
_______Sinceridade★Estima★.Fraternidade
______Equilíbrio★Dignidade.★..Benevolência

_____Fé.★Bondade_Paciência..Gratidão_Força
_ _Tenacidade★Prosperidade_.Reconhecimento
______________xxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxx____________


Que 2012 seja repleto de Felicidades que podemos usufruir de todos os ingredientes para sermos feliz .ABRAÇOSS.

Fanzine Episódio Cultural disse...

ESSA É A CAPA DO MEU LIVRO NO SITE DE CLASSIFICADOS DO OXL:
http://lisboacity.olx.pt/livro-o-anjo-e-a-tempestade-editora-insanno-iid-33629523#comments-box